Biblioteca Pública lança fanzine digital para o público infantil
15 de maio de 2020 102 Visualizações

Biblioteca Pública lança fanzine digital para o público infantil

Está no ar a primeira edição do Era Uma Zine, publicação digital da Biblioteca Pública do Paraná voltada para o público infantil. Concebido no formato de fanzine — ou seja, sem a estrutura formal de livros e periódicos —, o material traz propostas de atividades e conteúdos sobre literatura, cultura e artes.

O objetivo do projeto, que já existia impresso, é ofertar as ações da Seção Infantil da BPP de forma remota durante a quarentena. O Era uma Zine está disponível para download aqui. Acesse também a conta do Instagram @eraumazine.

HORA DO CONTO VIRTUAL – Em mais uma edição do projeto Hora do Conto Virtual, Vitória Rosa apresenta a história O Coelho Sem Orelhas, de Klaus Baumgart.
A ação é desenvolvida pela equipe da Seção Infantil da Biblioteca, que mantém no YouTube o canal BPP Conta, com conteúdos próprios e gravados por contadores parceiros. Acesse o vídeo.

A Biblioteca Pública do Paraná segue a orientação do Governo do Estado para o enfrentamento ao coronavírus e está fechada por tempo indeterminado.

 

Fonte: AEN

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Notícias

“A nova Instrução Normativa (da Lei Rouanet) é muito benéfica”, afirma especialista

Produtores culturais e artistas de Maringá e região acompanharam mudanças sobre a Lei Rouanet em palestra promovida pelo Instituto Cultural Ingá   Desde que o Ministério da Cultura anunciou –

Notícias

Grande encontro do Café com Cultura vai unir três segmentos em agosto

Artistas e produtores da Música, Culturas Populares e Patrimônio Cultural estarão juntos no próximo dia 04 para discutir mudanças e melhorias Singulares em suas características, mas unidos pelo propósito: colocar

Nacional

Consórcio possibilita criação de rede de Pontos de Cultura

A criação de consórcios públicos de cultura pode ser a solução para que pequenos municípios brasileiros criem redes de Pontos de Cultura. Uma primeira e bem-sucedida experiência nesse sentido foi