Circo Social reinicia aulas no CIAPS de Sarandi

Circo Social reinicia aulas no CIAPS de Sarandi

O projeto Circo Social de Sarandi, que teve início em 2018, reabre seus atendimentos no Centro Integrado de Atenção Psicossocial – CIAPS. O Circo Social é um projeto de cunho sociocultural que atende mais de 80 (oitenta) alunos com aulas de técnicas circenses.

O curso reiniciará neste mês (março) e atenderá, além dos vinculados à instituição, participantes inscritos de toda a comunidade.

A maioria dos alunos é composta por jovens e crianças que vivem em situação de alta vulnerabilidade social. Esses alunos recebem semanalmente aulas de técnicas circenses ministradas por grandes profissionais que utilizam materiais apropriados, equipamentos de segurança, uniformes e toda a estrutura necessária.

O projeto é realizado pela Casa do Verbo Assessoria Cultural por meio da Lei Rouanet e conta com o patrocínio das empresas Sicoob, Bancoob e Supermercados Cidade Canção. Além do apoio do Instituto Cultural Ingá – ICI e da Prefeitura de Sarandi, por intermédio da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Lançamento

O lançamento do projeto Circo Social de Sarandi será realizado nesta sexta-feira (08), na sede do CIAPS (Rua Marechal Deodoro, 2301). A solenidade contará, além de uma aula inaugural simbólica, com um espetáculo circense denominado Brincando de Circo com a Cia. Expressão do Amor. O evento terá entrada franca e é livre para todas as idades.

Serviço

Lançamento do Circo Social de Sarandi

Local: Centro Integrado de Atenção Psicossocial – CIAPS – Rua Marechal Deodoro, 2301

Data: 08 de março de 2019

Horário: 19h30

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Notícias

Dia da Música fortalece música autoral no Brasil

O Dia da Música quer fortalecer o circuito de palcos e grupos que se dedicam a promover música autoral no Brasil. Por isso, além de levar artistas aos dois palcos

Notícias

Uso da internet na cultura ainda é desafio, aponta estudo inédito

O uso das tecnologias da informação e comunicação, as chamadas TICs, pode ser melhor aproveitado pelos equipamentos culturais brasileiros, tais como instituições culturais, bibliotecas, cinemas, museus, teatros e pontos de

Notícias

06, 09, 13 e 16/12 – Som da Banda

Comentários comentários