Economia Criativa está entre os temas que serão apresentados durante o TICNOVA 2018

Economia Criativa está entre os temas que serão apresentados durante o TICNOVA 2018

Em apenas seis dias o TICNOVA vai discutir como a inovação melhora a vida das pessoas e potencializa a criação de novos negócios. Em sua 6ª edição o TICNOVA reunirá mais de 2.000 pessoas e será realizado entre os dias 23 e 26 de agosto, no Sebrae Maringá, reunindo empresários, profissionais, professores, pesquisadores e acadêmicos do ecossistema de TI. O evento é organizado pela Software by Maringá.

Na vasta programação apresentada pelos organizadores está agendado, para o dia 24, o workshop inédito sobre Economia Criativa: Cultura e Tecnologia, com Décio Coutinho. A palestra conta com a parceria do Instituto Cultural Ingá (ICI), agência de fomento e incentivo à cultura na região. O foco da ação será voltado para criação de negócios baseados no capital intelectual e cultural e na criatividade que gera valor econômico.

Décio é Administrador de empresas e Mestre em Gestão do Patrimônio Cultural com ênfase em Antropologia. Pós-graduado em Gestão e Políticas Culturais (Espanha). Especialista em Sociedades Pós-industriais e Organizações Criativas (Roma) e em Economia Criativa (Barcelona). Fundador da Rede Nacional de Gestores de Fomento e Incentivo à Cultura e da Rede Iberoamericana de Comunidades, Territórios e Economia Criativa.

A programação também tem como foco temas indispensáveis para desenvolvedores, negócios, startups e melhoria do software brasileiro. As inscrições podem ser feitas no site www.ticnova.com.br.

 

 

 

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Notícias

Prêmio Aniceto Matti 2018 é republicado. Confira os detalhes do edital

O prêmio Aniceto Matti 2018 foi republicado. Agora, com o valor total de R$ 2 milhões. 49 projetos serão contemplados nessa edição, atendendo a todos os segmentos artísticos e culturais

Artigo

Francisco Bosco: ‘Na crise, não há justiça’

Com dívida, presidente da Funarte suspende pagamento de editais Em meio à crise econômica que já enxugou mais de 30% do orçamento do Ministério da Cultura em 2015, além do

Notícias

Captação: uma questão complexa

Mônica Herculano para o Cultura e Mercado “Existem muitos captadores de recursos no Brasil, o problema é que eles não fazem só isso ou não se identificam, não se assumem