Palestra da Monja Coen atrai mais de 1.700 pessoas no Vivaro

Palestra da Monja Coen atrai mais de 1.700 pessoas no Vivaro

A parceria entre Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH PR Noroeste) e Instituto Cultural Ingá (ICI) já rendeu bons frutos à cidade de Maringá. Juntas as entidades promoveram palestras de suma importância para o desenvolvimento pessoal e profissional de milhares de pessoas.

No ano passado, por exemplo, Luiz Felipe Pondé, filósofo, escritor e ensaísta, ministrou no Teatro Marista a palestra “Dor e mudança: a cultura da vitimização”? Mais de 800 pessoas compareceram ao evento.

Monja Coen

Na noite de ontem (13), no Vivaro Eventos, foi a vez da Monja Coen com o tema “Amor e Paixão”. A atração é reconhecida pela participação em encontros educacionais, culturais e inter-religiosos, com o objetivo de divulgação do princípio da não-violência e a criação de uma cultura de paz, justiça, cura da Terra e de todos os seres vivos. Atualmente é missionária oficial da Tradição Sotoshu de Zen Budismo, com sede no Japão. Foi, em 1997, a primeira mulher e primeira pessoa de origem não-japonesa a assumir a presidência da Federação das Seitas Budistas do Brasil, por um ano.

Palestra

Sob os olhares das mais de 1.700 pessoas presentes, Monja Coen tratou de forma singular (com a dose certa de humor e serenidade) aspectos interessantes sobre o comportamento humano, relevando sempre a importância da educação na infância. “Precisamos conhecer mais as crianças e entender melhor o modo como percebem o mundo. É necessário também criar canais mais claros de diálogos. Precisamos aproximá-los e não afastá-los”. Coen, entre uma história e outra sobre sua experiência de vida, também apresentou a importância do autoconhecimento. “Se você se conhece, ninguém te ofende. Precisamos desenvolver primeiramente a sabedoria sobre si, sobre o modo de vermos a vida e depois desenvolver a paixão por tudo isso. Mas não podemos nos esquecer de perceber o outro. A melhor forma disso acontecer é criar compaixão por todos. Afinal, ninguém vive sozinho. A vida é maravilhosa e precisamos aprender a viver isso tudo que temos”. Ao final da palestra, Monja Coen provocou a seguinte reflexão: Qual é a sua obra, o que você está deixando nesta vida para outras gerações?

Público

De acordo com George Coelho, presidente da ABRH, o evento atingiu público recorde entre todos os eventos já promovidos em parceria com o ICI. “Desde o início tivemos forte participação do público interessado em participar da palestra. Assim, já pudemos prever o sucesso e que acertamos na escolha em trazer alguém que inspira e motiva milhares de pessoas por dia. Estamos felizes com o resultado”, afirma.

 

Fotos do evento estão disponíveis em:

PALESTRA MONJA COEN - VIVARO - 13/06/2018

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Local

Cineflix marca estreia dos filmes selecionados no Edital Tupiniquim

As produções cinematográficas paranaenses vencedoras do Edital Tupiniquim já estão com as datas de exibições confirmadas: de 20 a 26 de setembro. O Edital abre espaço para os projetos audiovisuais,

Notícias

Secretaria de Cultura abre licitação para projetos dos Convites

O município de Maringá, através da Secretaria de Cultura, em atendimento a Lei Municipal nº 8.399/2009, que estabelece as diretrizes para a Política Municipal de Cultura e prevê a promoção

Nacional

Quer incentivar projetos culturais em 2017? Saiba como destinar o ICMS da sua empresa ao Profice

O Programa de Fomento e Incentivo à Cultura do Paraná (PROFICE) está em fase de captação de recursos. As empresas interessadas em tornarem-se incentivadoras da Cultura no Estado devem se