Empresários e autoridades se reúnem para acompanhar prestação de Contas do Instituto Cultural Ingá

Empresários e autoridades se reúnem para acompanhar prestação de Contas do Instituto Cultural Ingá

Na noite de ontem (26), na Associação Comercial e Empresarial de Maringá, foi realizada a prestação de contas do Instituto Cultural Ingá (ICI). O encontro reuniu empresários de Maringá e região, além do Prefeito de Maringá, Ulisses Maia e o Vice-prefeito, Edson Scabora.

Entre os dados apresentados, o diretor executivo do ICI, Miguel Fernando apontou os números que comprovam a assídua atuação da entidade, onde, em 2017, foram realizadas mais de 10 palestras e oficinas técnicas – em sua maioria gratuitas para artistas e produtores culturais da região – e 22 projetos culturais foram apoiados diretamente.

Os números também apresentaram o montante captado por meio da Lei Rouanet, ao todo R$ 1.8 milhão e 300 mil por patrocínios diretos. “Queremos mostrar que a arte e a cultura são ativos econômicos, que tem como papel beneficiar milhares de pessoas. Precisamos defender que Cultura não é entretenimento, é um mercado estratégico para as cidades”, ressalta o diretor. Gestão e Políticas Culturais, Mercado Artístico e Cultural e Visão Social e Cidadã foram o tripé de atuação da entidade em 2017. “Vale lembrar que o ICI está sendo reconhecido nacionalmente como entidade de fomento à cultura”, comentou Carlos Eduardo Peinado, presidente do Instituto Cultural Ingá.

De acordo com Miguel Fernando os resultados são fruto dos projetos que são desenvolvidos em Maringá e região. “Um bom projeto resolve problemas, porque é mais fácil para que as pessoas se identifiquem com o que está sendo apresentado. A nossa intenção é fomentar projetos que promovam, também, um efeito multiplicador, ou seja, que tragam dinheiro novo à cidade. E isso foi feito, por exemplo, por meio do Festival Internacional de Corais, onde pessoas vieram de outros estados e países para consumir a estrutura da cidade, bem como os projetos Só em Cena e Paixão de Cristo”.

Maringá Encantada

O ICI é o fomentador de outros grandes projetos da Cidade Canção, entre eles o Ecos do Ingá e o Auto de Natal, que são ações criativas que repercutem em todo território nacional por seus formatos e estrutura. O Maringá Encantada também faz parte desse escopo, nesse caso, desenvolvido e financiado pela Prefeitura de Maringá.

Os resultados quanto ao Natal em Maringá, Maringá Encantada, saíram ontem e foram apresentados em primeira mão durante a prestação de contas. Entre os números está o aumento em ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza) de 29% com relação a janeiro de 2017, totalizando 13.980.123,77. O ISSQN é um tributo de competência dos municípios e Distrito Federal e incide sobre a prestação de serviços. Já em ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Prestação de Serviços) houve crescimento em números absolutos. “Foram arrecadados R$ 16.076.773,58 em janeiro de 2018. Em janeiro de 2017, devido a uma antecipação promovida pelo Estado do Paraná, Maringá ficou fora da curva”, explica Miguel.

Sobre o projeto, que gerou grande repercussão pelos custos, o prefeito de Maringá comenta sobre as críticas e afirma que honestidade é o melhor caminho. “Fomos criticados, mas vamos continuar investindo, porque os resultados foram positivos. Críticas são normais. Parabenizo o ICI pela parceira em diversos projetos, entre eles o Maringá Encantada que trabalhamos juntamente com a Associação Lirius”, declara Ulisses Maia.

39240199130_f5fe345376_k

Homenagem

Durante a prestação de contas, 40 empresas e instituições foram homenageadas com o Troféu “Empresa Amiga da Cultura”, por seus esforços em prol do desenvolvimento artístico e cultural. “Quanto mais empresas se engajaram mais a cidade vai para frente. Só no último ano, houve um aumento de 35% de empresas que passaram a destinar seus recursos por meio da Lei Rouanet. Se com poucos anos o ICI já realiza grandes resultados, imagine quando crescer”, finaliza Carlos Ferraz, da F.A Colchões e Vice-presidente para assuntos de indústria da ACIM.

FOTO – Walter Fernandes

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Notícias

“Resistências” será o tema da 5ª Festa Literária Internacional de Maringá (Flim)

Com o tema “Resistências”, a 5ª Festa Literária Internacional de Maringá (Flim), que será realizada entre os dias 21 a 25 de novembro, quer dar visibilidade às mulheres, negros, índios,

Nacional

Pesquisa mapeará cenário da educação musical no Brasil

Quais são as iniciativas que fomentam a educação musical no Brasil hoje? Responder a esta pergunta é o primeiro objetivo de um extenso mapeamento nacional que busca entender o cenário

Local

Casa do Verbo lança Projeto Circo Social em Sarandi

Aulas de atividades circenses serão oferecidas ao município gratuitamente. As inscrições vão até 27 de fevereiro Quando a obra “Lonas e memórias: a história esquecida do circo paranaense” foi lançada