Francyene Rossett sobe ao palco para homenagear Elis Regina

Francyene Rossett sobe ao palco para homenagear Elis Regina

No próximo domingo, dia 5, a cantora Francyene Rossett volta a subir ao palco do Teatro Barracão para homenagear uma das maiores cantoras da música popular brasileira, Elis Regina. Com o espetáculo “Elis – o tempo e eu”, Francyene promete ir além da ideia de tributo, apresentando um show preparado com a essência de Elis e sobre a própria Elis. “Canto de Ossanha”, “Travessia”, “Águas de março”, “Como nossos pais”, “Tatuagem”, “Fascinação” são algumas das canções que integram o repertório do show. Acompanhada pela banda composta por Ygor Requena na bateria, Paulo Machado no contrabaixo, Eric Silva no piano, o show ainda conta com a participação especial de Ronaldo Gravino, compartilhando algumas canções.

Tendo a cantora brasileira como uma de suas maiores referências, Francyene afirma colocar sua própria verdade junto à história de Elis. Para Francyene, Elis Regina se tornou a própria obra e é isso que faz com que ela continue viva em todos nós. Esta é sua terceira oportunidade de interpretar a cantora. Em 2015 apresentou o show “Elis em Nós” e em junho deste ano apresentou na íntegra, ao lado de Paulinho Schoffen, o álbum “Elis & Tom” pelo projeto Cottonet-Clube.

Elis Regina para Francyene Rossett:

“Elis cantou verdades dela e para ela. A interpretação visceral de tantas canções, e até mesmo a forma de olhar, gesticular, articular as palavras, é encantadora para mim, sinto ter nascido em outra época, mas graças à tantos registros, Elis me inspira na vida. O que me faz escolher as canções dos shows que eu tenho oportunidade de produzir, são as letras. Passo dias, semanas e até meses ouvindo, lendo, pensando, significando, até encontrar o lugar delas em mim, na minha voz. Elis entra no cenário da música brasileira, na transição da era da rádio para a TV, e ela se faz notar, pela forma de cantar, de falar o texto, de inebriar o público com suas interpretações que são únicas até hoje. Cantar Elis é uma responsabilidade, sempre achei que certas coisas que ela gravou deveriam ser eternizadas somente na voz da diva, mas hoje penso que cantar é também relembrar, permitir conexões, dar a minha contribuição. Às vezes tirar a atenção da dor, outras vezes levar para ela, mas cantar sobretudo com muito respeito este repertório que hoje sinto vestir a minha voz”.

Sobre Francyene Rossett: 

É graduada em Música – Bacharelado em Canto Lírico e em Regência de Coral pela UEM. Acumula a experiência de mais de 20 anos como professora de canto e atualmente leciona no Centro Musical Villa Lobos.

Com foco na música brasileira, Francyene trafega em diversos estilos, buscando difundir a música cada vez mais na cidade canção. Já cantou em diversos projetos como o “Elas cantam Ópera” e “Elis em Nós” e em 2016 teve a oportunidade de cantar ao lado de Renato Borghetti no projeto “Velho Lua – Homenagem a Gonzagão” na Caixa Cultural Curitiba. Neste ano, ela já integrou o time de cantoras solistas no espetáculo “Elas & Beatles”; cantou o show “Francyene Rossett & Paulinho Schoffen Interpretam o álbum Elis e Tom 74”; o show “Raízes do Brasil” e a terceira edição do “Elas Cantam Ópera”.

Serviço:

Data: 5 de novembro

Horário: 19h

Local: Teatro Barracão

Endereço: Praça Professora Nadir Cancian, S/n – Zona 7

Ingressos: R$ 23 (meia entrada e promocional antecipado) / R$ 46 (inteira)

 

Ingressos online: http://ingressonacional.com.br/evento/9427/elis-eu-e-o-tempo
Pontos de Vendas:

▪ Brazai Sushi – Shopping Avenida Center

▪ Firula Bar – Avenida Curitiba, 289

▪ Holy Hops – Tap Station – Mercadão Municipal

▪ Hurricane Skates – R. Neo Alves Martins, 2487

▪ Master Copias – R. Mario Clapier Urbinati, 280

▪ Natural One Catuaí Maringá – Shopping Catuaí Maringá

▪ Pachamama Arts – Av. Herval,128

▪ SmokeBr – Av. Demetrio Ribeiro,1250

▪ Star Point Maringa Shopping Maringá Park

▪Zero7 Beer Shop – R. Paranaguá,137

 

APOIO: Mundo Livre e CopyFer

 

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Nacional

Cultura corresponderá a apenas 0,66% da renúncia fiscal da União em 2016

A mais antiga ferramenta de incentivo à produção cultural do Brasil, a Lei Rouanet, é alvo de crítica, especialmente no que diz respeito à renúncia fiscal. Entretanto, projeção da Receita

Notícias

10/12 – Espetáculo Florescerro

Comentários comentários

Local

Irônico e pragmático, Pondé lota Teatro Marista

Palestra foi realizada pelo Instituto Cultural Ingá e pela ABRH Noroeste Paraná  Minuto a minuto o Teatro Marista foi tomando forma na noite da última quarta-feira (12/07) e, pouco antes