Prazo para inscrição no Prêmio Aniceto Matti se encerra no início de agosto

Prazo para inscrição no Prêmio Aniceto Matti se encerra no início de agosto

Edital dobrou o recurso para R$ 2 milhões em 2017

Há quase um mês, o edital de 2017 do Prêmio Aniceto Matti está em vigor e ainda restam pouco mais de 20 dias para que os produtores culturais interessados realizem suas inscrições – que se encerram, precisamente, às 9 horas do dia 11 de agosto (sexta-feira). O objetivo da premiação é promover o desenvolvimento de atividades artísticas no munícipio. “Como fomentadores da cultura, queremos incentivar os produtores a participarem do edital, que passou a ser um instrumento muito importante para a expressão artística da cidade”, comenta Miguel Fernando, diretor executivo do ICI.

Neste ano, a repercussão ficou por conta do valor do recurso, que dobrou para R$ 2 milhões, com o aumento para 49 projetos a serem contemplados.  Na última edição, que ocorreu em 2015, o incentivo disponibilizado foi dividido em oito categorias, para 24 projetos. As alterações foram realizadas juntamente com o Conselho Municipal de Cultura.

As ampliações foram discutidas e aprovadas na Câmara Municipal, em abril deste ano. Entre as tratativas, houve também a alteração de alguns artigos da lei municipal 9.160/2012, que dispõe sobre o Prêmio Aniceto Matti. A mudança esclarece que a categoria audiovisual se refere a toda ação e/ou produção cultural que envolva cinema (longa metragem, média metragem e curta metragem) nos gêneros de ficção, documentário, animação. Outro ajuste é que cada proponente poderá inscrever apenas um projeto, com exceção das cooperativas. Para 2017, portanto, o Prêmio passa a atender oito categorias: Patrimônio Cultural, Artes Populares, Artes Visuais, Artes Cênicas, Literatura e Leitura, Música, Audiovisual e Culturais Iniciantes.

Os prêmios serão distribuídos em diversos valores, de R$ 20 mil a R$ 60 mil. De acordo com Rael Gimenes, secretário municipal de Cultura, o aumento da verba só foi possível graças ao trabalho em conjunto com a Câmara Municipal e com o Conselho Municipal de Cultura. “Apenas com o uso da emenda parlamentar no orçamento, não seria possível dobrar o valor, por conta do INSS (descontos e tributos). Então, reorganizei a casa e direcionei parte da verba da cultura para o Prêmio Aniceto Matti. Foi quando conseguimos manter a verba da última edição, agregar a ela a emenda parlamentar mais o investimento do município. Foi uma empreitada muito bem planejada”, explica Rael.

Link para acesso do edital: http://venus.maringa.pr.gov.br:9900/portaltransparencia/  (Nº do processo 709/2017)

Mais informações na Semuc pelo telefone 3218-6100

Fonte: Daniele Corrêa | Assessoria de Imprensa ICI

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Artigo

Editoras cartoneras driblam a crise com papelão e material reciclado

Às margens do mercado, casas que produzem livros baratos e artesanais ganham espaço O livro mais recente do poeta Douglas Diegues foi lançado simultaneamente no Brasil e em mais seis

Notícias

Mostra de Teatro Estudantil está com inscrições abertas

Grupos teatrais escolares que tem espetáculos prontos ou em fase de montagem, fiquem atentos: a 2ª Mostra de Teatro Estudantil de Maringá – MOTEM, que será realizada entre os dias 24

Notícias

Encontro de mulheres na Capoeira 2018

Encontro feminino de Capoeira e Cultura popular, para mulheres praticantes ou não, admiradoras e simpatizantes, com a nossa arte e com a cultura popular brasileira. O qual tem por objetivo,