Prazo para inscrição no Prêmio Aniceto Matti se encerra no início de agosto

Prazo para inscrição no Prêmio Aniceto Matti se encerra no início de agosto

Edital dobrou o recurso para R$ 2 milhões em 2017

Há quase um mês, o edital de 2017 do Prêmio Aniceto Matti está em vigor e ainda restam pouco mais de 20 dias para que os produtores culturais interessados realizem suas inscrições – que se encerram, precisamente, às 9 horas do dia 11 de agosto (sexta-feira). O objetivo da premiação é promover o desenvolvimento de atividades artísticas no munícipio. “Como fomentadores da cultura, queremos incentivar os produtores a participarem do edital, que passou a ser um instrumento muito importante para a expressão artística da cidade”, comenta Miguel Fernando, diretor executivo do ICI.

Neste ano, a repercussão ficou por conta do valor do recurso, que dobrou para R$ 2 milhões, com o aumento para 49 projetos a serem contemplados.  Na última edição, que ocorreu em 2015, o incentivo disponibilizado foi dividido em oito categorias, para 24 projetos. As alterações foram realizadas juntamente com o Conselho Municipal de Cultura.

As ampliações foram discutidas e aprovadas na Câmara Municipal, em abril deste ano. Entre as tratativas, houve também a alteração de alguns artigos da lei municipal 9.160/2012, que dispõe sobre o Prêmio Aniceto Matti. A mudança esclarece que a categoria audiovisual se refere a toda ação e/ou produção cultural que envolva cinema (longa metragem, média metragem e curta metragem) nos gêneros de ficção, documentário, animação. Outro ajuste é que cada proponente poderá inscrever apenas um projeto, com exceção das cooperativas. Para 2017, portanto, o Prêmio passa a atender oito categorias: Patrimônio Cultural, Artes Populares, Artes Visuais, Artes Cênicas, Literatura e Leitura, Música, Audiovisual e Culturais Iniciantes.

Os prêmios serão distribuídos em diversos valores, de R$ 20 mil a R$ 60 mil. De acordo com Rael Gimenes, secretário municipal de Cultura, o aumento da verba só foi possível graças ao trabalho em conjunto com a Câmara Municipal e com o Conselho Municipal de Cultura. “Apenas com o uso da emenda parlamentar no orçamento, não seria possível dobrar o valor, por conta do INSS (descontos e tributos). Então, reorganizei a casa e direcionei parte da verba da cultura para o Prêmio Aniceto Matti. Foi quando conseguimos manter a verba da última edição, agregar a ela a emenda parlamentar mais o investimento do município. Foi uma empreitada muito bem planejada”, explica Rael.

Link para acesso do edital: http://venus.maringa.pr.gov.br:9900/portaltransparencia/  (Nº do processo 709/2017)

Mais informações na Semuc pelo telefone 3218-6100

Fonte: Daniele Corrêa | Assessoria de Imprensa ICI

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Notícias

“Precisamos ver a diversidade como riqueza e não tragédia”

.  “Gosto de convidar as pessoas para imaginar um mundo onde tudo que foi feito de maravilhoso, de sutil, de incrível, fosse feito pelos negros”. Nesse mesmo mundo, os bons,

Notícias

18/09 – Apresentação “O alegre choro do Paraná”

O projeto “O Alegre Choro do Paraná – Popularização da Música Paranaense” – é um dos contemplados pelo VIAPAR Cultural 2015, realizado pelo Instituto Cultural Ingá em parceria com a

Local

Prefeitura lança calendário dos 70 anos de Maringá

O prefeito Ulisses Maia realizou nesta terça, 2, o lançamento do calendário de comemoração dos 70 anos de Maringá que contará com inaugurações, lançamentos de programas e a Semana da