14 de junho de 2017 0 268 Visualizações

Mestres da cultura popular e grupos de maracatu paranaenses apresentam-se em Maringá

Festival de Maracatu começou em maio e termina nesse domingo com um cortejo pelas ruas da cidade (18)

Com a proposta de celebrar e fomentar o debate sobre as culturas populares e dar mais visibilidade às manifestações artísticas e religiosas de matriz africana, o Festival de Maracatu de Maringá é realizado pelo Maracatu Ingazeiro com apoio da Vivaz Arte e Cultura.

O projeto, coordenado por João Furlan, é realizado com recursos do Prêmio Aniceto Matti de Incentivo à Cultura, uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Maringá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura.

Na quinta-feira (15), às 15 horas, haverá oficina de dança dos Orixás com o Pai Jean (Obanifé Oya), de Recife – PE. No mesmo dia, às 19h30, acontece a roda de conversa sobre “Afro Religiosidade e a Cidade: diferentes perspectivas para ocupação do espaço” com Mestre Chacon Viana (Mestre da Nação Porto Rico de Recife), Mestra Joana D’Arc, Mãe Glória (Tambor de Mina), Mãe Clô (Caboclo Sete Flecha), Yalodê-badá (coletivo) e mediação de Marivânia Conceição Araújo.

Na sexta-feira (16), a programação inclui oficinas com mestras e mestres das nações de maracatu de Recife-PE e apresentações artísticas dos grupos Baque Mulher (Maracatu), Anjos Da Guarda (Bumba Meu Boi), Pisada da Jurema (coco, jongo e afoxé) e SambaKGente (pagode). No sábado (17), serão realizadas oficinas de maracatu e de instrumentos. Essas atividades acontecerão no gramado da Casa de Cultura Alcidio Regini e Centro Comunitário Pioneiro Orlando França, no Jardim Alvorada.

O Festival de Maracatu de Maringá termina no domingo (18), com um cortejo dos grupos  Ingazeiro Maracatu (Maringá), Semente de Angola (Londrina), Alvorada Nova (Foz do Iguaçu), Novo Horizonte (Toledo), Aroeira (Curitiba) e Baque Mulher. A concentração será na Praça da Catedral, às 14:30.

Os endereços, horários e outras informações estão disponíveis na página do Ingazeiro Maracatu: https://www.facebook.com/maracatuingazeiro/.

 

Localização:

https://goo.gl/izsGzs.

 

PROGRAMAÇÃO

15/06 (quinta-feira)

  • 15h – Oficina de Dança dos Orixás com Pai Jean (Obanifé Oya)
  • 19h30 – Roda de conversa sobre “Afro Religiosidade e a Cidade: Diferentes perspectivas para ocupação do espaço” com Mestre Chacon Viana (Mestre da Nação Porto Rico de Recife), Mestra Joana D’Arc, Mãe Glória (Tambor de Mina), Mãe Clô (Caboclo Sete Flecha), Yalodê-badá (coletivo) e mediação de Marivânia Conceição Araújo.
  • Local: gramado da Casa de Cultura Alcidio Regini e Centro Comunitário Pioneiro Orlando França.

 

16/06 (sexta-feira)

  • 9h30 às 11h – Oficina do Baque Mulher com Mestra Joana Cavalcante
  • 15h às 17h – Oficina Maracatu Encanto do Pina de Recife-PE com Mestra Joana e Ogan Deivison.
  • 17h às 22h – apresentações dos grupos Baque Mulher (Maracatu), Anjos Da Guarda (Bumba Meu Boi), Pisada da Jurema (Coco, Jongo e Afoxé) e SambaKGente (Pagode).
  • Local: gramado da Casa de Cultura Alcidio Regini e Centro Comunitário Pioneiro Orlando França – Jardim Alvorada.

 

17/06 (sábado)

  • 9h30 às 11h – Oficina de instrumentos – agbé, timbal, caixa e tambor
  • 15h às 17h – Oficina do Maracatu Porto Rico de Recife – PE com Mestre Chacon Viana
  • Local: gramado da Casa de Cultura Alcidio Regini e Centro Comunitário Pioneiro Orlando França – Jardim Alvorada.

 

18/06 (domingo)

  • 14h30 – Cortejo de Maracatu com os grupos Ingazeiro Maracatu (Maringá), Semente de Angola (Londrina), Alvorada Nova (Foz do Iguaçu), Novo Horizonte (Toledo), Aroeira (Curitiba) e Baque Mulher.
  • Local: Praça da Catedral

 

 

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Nacional

Consórcio possibilita criação de rede de Pontos de Cultura

A criação de consórcios públicos de cultura pode ser a solução para que pequenos municípios brasileiros criem redes de Pontos de Cultura. Uma primeira e bem-sucedida experiência nesse sentido foi

Nacional

Registro vai aprimorar gestão de museus brasileiros

No último dia 10 foi apresentado o Registro de Museus, que conta com a parceria da Secretaria de Políticas Culturais (SPC), do Ministério da Cultura (MinC), e do Instituto Brasileiro de

Nacional

Finalistas do Prêmio Shell de Teatro são anunciados

Com três indicações cada, as peças “Cabras — Cabeças que voam, cabeças que rolam” e “A tragédia Latino-americana” foram as mais lembradas entre os finalistas do 29º Prêmio Shell de