Em nota, Instituto Cultural Ingá lamenta morte de Adilson Emir Santos, ex-presidente da ACIM
18 de maio de 2017 258 Visualizações

Em nota, Instituto Cultural Ingá lamenta morte de Adilson Emir Santos, ex-presidente da ACIM

“Em 2010, por meio do incentivo do prefeito daquele ano, Silvio Barros, foi solicitado a Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM) a formalização de um instituto que fomentasse ações culturais na cidade, baseado no que vinha acontecendo em Gramado (RS).

Quando a ideia tomou formato, em novembro daquele ano, o presidente era Adilson Emir Santos. O Adilson abraçou de imediato o projeto, entendendo que seria essencial para a produção cultural uma entidade que representasse e fomentasse – de forma independente e sem vinculo partidário -, as ações culturais e artísticas de Maringá e região. Ele, realmente, realizou toda a articulação inicial para que pudéssemos estar aonde chegamos hoje.

Se o instituto existe, devemos a ele todo o empenho e estima por essa causa nos anos iniciais de nossas atividades. Por ser um dos fundadores, por seu compromisso com a cultura e com as causas de Maringá, nosso muito obrigado. É uma grande perda para todos”.

 Jair Ferrari

Presidente do Instituto Cultural Ingá

 

Santos esteve à frente do Conselho de Administração da ACIM por duas gestões, 2008-2010 e 2010-2012. Durante a presidência dele a entidade atingiu a marca de quatro mil associados. No período as receitas cresceram 16,4% e o patrimônio líquido aumentou 41,2%.

Também foi na gestão de Santos que o prédio da ACIM foi reformado e ampliado. Foram inauguradas as novas estruturas do Centro de Treinamento e 1,2 mil metros no terceiro piso, com auditório, sala de reuniões e espaço de eventos. Outra ação foi a criação na Galeria de Presidentes no térreo.

Foi nesse período que a Associação Comercial teve papel importante na mudança da base de dados do SPC, decisão que culminou na centralização da base de informações na Faciap, fortalecendo a nossa federação. E foi ainda na gestão de Adilson que a Maringá Liquida passou a acontecer duas vezes por ano.

Grandes palestras como a do velejador Lars Grael, do jornalista Paulo Henrique Amorim, do economista Delfim Netto e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso estiveram entre as realizações da gestão de Santos.

Novos núcleos do Empreender, campanha de doação de acolchoados para entidades sociais, campanha contra a dengue e contra o aumento de vereadores foram outras ações importantes.

“Adilson foi um grande defensor do associativismo. Fez duas gestões louváveis à frente da ACIM, fortalecendo a imagem e o trabalho da entidade. É uma grande perda para mim, que sou seu amigo e admirador, e para toda a comunidade. Ele sempre teve um carinho grande por Maringá e fez contribuições valiosas para o planejamento e desenvolvimento local”, lamenta o presidente da ACIM, José Carlos Valêncio.

Atualmente, Adilson Emir Santos presidia o Conselho Superior da ACIM. O velório será no Salão Nobre do Prever a partir das 15h e o sepultamento será amanhã (19/05), às 10h, no Cemitério Municipal de Maringá.

 

 

 

 

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Local

Mapeamento Cultural de Maringá

Você é artista ou produtor cultural? Conhece alguém? O SEMUC lançou uma iniciativa muito bacana nesta semana: o Mapeamento Cultural de Maringá. Os interessados deverão responder perguntas simples, como: Quais categorias

Notícias

IBGE apresenta indicadores culturais de estados e municípios

O percentual de municípios brasileiros com biblioteca pública subiu de 76,3%, em 1999, para 97,1% em 2014. Já a proporção de municípios com unidades de ensino superior foi duplicada, saltando

Nacional

Novos membros da CNIC tomam posse

Os 21 membros escolhidos para compor a Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC) no biênio 2017/2018 tomaram posse nesta segunda-feira (6), em Brasília, em cerimônia com a presença do