Em nota, Instituto Cultural Ingá lamenta morte de Adilson Emir Santos, ex-presidente da ACIM
18 de maio de 2017 1380 Visualizações

Em nota, Instituto Cultural Ingá lamenta morte de Adilson Emir Santos, ex-presidente da ACIM

“Em 2010, por meio do incentivo do prefeito daquele ano, Silvio Barros, foi solicitado a Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM) a formalização de um instituto que fomentasse ações culturais na cidade, baseado no que vinha acontecendo em Gramado (RS).

Quando a ideia tomou formato, em novembro daquele ano, o presidente era Adilson Emir Santos. O Adilson abraçou de imediato o projeto, entendendo que seria essencial para a produção cultural uma entidade que representasse e fomentasse – de forma independente e sem vinculo partidário -, as ações culturais e artísticas de Maringá e região. Ele, realmente, realizou toda a articulação inicial para que pudéssemos estar aonde chegamos hoje.

Se o instituto existe, devemos a ele todo o empenho e estima por essa causa nos anos iniciais de nossas atividades. Por ser um dos fundadores, por seu compromisso com a cultura e com as causas de Maringá, nosso muito obrigado. É uma grande perda para todos”.

 Jair Ferrari

Presidente do Instituto Cultural Ingá

 

Santos esteve à frente do Conselho de Administração da ACIM por duas gestões, 2008-2010 e 2010-2012. Durante a presidência dele a entidade atingiu a marca de quatro mil associados. No período as receitas cresceram 16,4% e o patrimônio líquido aumentou 41,2%.

Também foi na gestão de Santos que o prédio da ACIM foi reformado e ampliado. Foram inauguradas as novas estruturas do Centro de Treinamento e 1,2 mil metros no terceiro piso, com auditório, sala de reuniões e espaço de eventos. Outra ação foi a criação na Galeria de Presidentes no térreo.

Foi nesse período que a Associação Comercial teve papel importante na mudança da base de dados do SPC, decisão que culminou na centralização da base de informações na Faciap, fortalecendo a nossa federação. E foi ainda na gestão de Adilson que a Maringá Liquida passou a acontecer duas vezes por ano.

Grandes palestras como a do velejador Lars Grael, do jornalista Paulo Henrique Amorim, do economista Delfim Netto e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso estiveram entre as realizações da gestão de Santos.

Novos núcleos do Empreender, campanha de doação de acolchoados para entidades sociais, campanha contra a dengue e contra o aumento de vereadores foram outras ações importantes.

“Adilson foi um grande defensor do associativismo. Fez duas gestões louváveis à frente da ACIM, fortalecendo a imagem e o trabalho da entidade. É uma grande perda para mim, que sou seu amigo e admirador, e para toda a comunidade. Ele sempre teve um carinho grande por Maringá e fez contribuições valiosas para o planejamento e desenvolvimento local”, lamenta o presidente da ACIM, José Carlos Valêncio.

Atualmente, Adilson Emir Santos presidia o Conselho Superior da ACIM. O velório será no Salão Nobre do Prever a partir das 15h e o sepultamento será amanhã (19/05), às 10h, no Cemitério Municipal de Maringá.

 

 

 

 

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Notícias
Local

Webinar: palestra online com especialistas em produção cultural

“Numa cidade como Maringá, uma Secretaria de Cultura se faz essencial, uma vez que a cidade tem uma forte movimentação cultural, não apenas no que diz respeito às artes, mas

Notícias

Prazo para inscrição no Prêmio Aniceto Matti se encerra no início de agosto

Edital dobrou o recurso para R$ 2 milhões em 2017 Há quase um mês, o edital de 2017 do Prêmio Aniceto Matti está em vigor e ainda restam pouco mais