Festival de Mágica e Ilusionismo oferece diversidade nas apresentações

Festival de Mágica e Ilusionismo oferece diversidade nas apresentações

Ao todo, sete atrações participarão da 2ª edição do Magias do Ingá. A expectativa é receber cerca de 900 pessoas por noite

 

Tem risada? Sim. Mistério? Também. E a participação do público? Isso não vai faltar. E o que mais esperar de um festival que reúne sete atrações, de diferentes partes do mundo, e todas as suas características excêntricas. Por começar pelo comediante e mágico, Rafael Titonelly.

Com 20 anos de carreira, Rafael já se apresentou em todo o Brasil e no exterior. Atualmente, com o show “Do Improviso ao Riso”, tem recebido reconhecimento por onde passa. Seus espetáculos tem uma mistura moderna de stand up comedy, improviso e mágica. “A iniciativa de criar um festival de alto nível, como este, passa a ser exemplo para o resto do Brasil. Então, vou fazer jus a esta oportunidade e apresentar um show diferente no Magias do Ingá, sempre com muito humor e interação com a plateia”, afirma Rafael. Cada atração está relacionada a uma categoria, no caso de Titonelly: “Cômico”.

Diversidade – O festival mergulhará nos temas “História da Mágica” (sábado) e “Uma volta ao mundo” (domingo). Além do “Cômico”, a 2ª edição do maior Festival de Ilusionismo e Mágica do Paraná – Magias do Ingá -, que será apresentado nos dias 8 e 9 de abril no Teatro Marista de Maringá, terá o prazer de receber o “Clássico”, representado pelo francês Eric Chartiot, o “Maestro”, pelo argentino Daba, “As Estrelas”, por Ranny e Rokan, “Mentalista”, pelo maringaense e curador do projeto Karllos Della Re, “Galã”, por Henry Vargas e o “Ilusionista”, protagonizado por Klauss. “Com essa pluralidade nas apresentações, esperamos receber uma média de 900 pessoas por noite”, conta Karllos.

Aquecimento – Para aguçar a vontade do público, o Instituto Cultural Ingá (ICI) – idealizador e organizador do festival – promoverá Pockets Shows, nos dias 25 e 26 de março e 01 e 02 de abril, durante a exposição com itens relacionados com a história da mágica e do ilusionismo, que ocorre dos dias 20 de março a 03 de abril, no terceiro piso do Shopping Maringá Park. “Daremos a população o que lhe pertence por direito: acesso a cultura. Por isso, Karllos juntamente com o mágico Gui Parras farão pequenas apresentações às 16h. Uma programação gratuita e para toda família”, explica Miguel Fernando, diretor executivo do ICI.

Ingressos – Os ingressos para 2ª edição do Magias do Ingá podem ser adquiridos na loja PBKIDS Brinquedos – 4º piso do Shopping Maringá Park. Os valores por pessoa variam de R$ 45 (½ entrada)*, R$ 38 (Voucher Família – para 4 ou mais convites para uma noite), R$ 34 (Voucher VIP – por noite – para 4 ou mais convites para as duas noites) e R$ 34 (Clientes Cooper Card e Vale-Cultura Cooper Card).

Serviço – Mais informações pelo telefone (44) 3025-9595 ou pelo e-mail para diretoria@institutoculturalinga.com.br. *Pagam ½ entrada: estudantes, acadêmicos e professores da rede de ensino público e privado; doadores de sangue e medula; maiores de 60 anos; pessoas portadoras de necessidades especiais; participantes do Clube do Assinante O Diário; associados da ACIM e colaboradores.

emkt - logos atualizadas

 

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Comunicação

Bibliotecas municipais oferecem programação especial de férias escolares

Até o final de janeiro as bibliotecas municipais promovem atividades culturais gratuitas para todas as idades no programa “Férias na Biblioteca”, promovido pela Secretaria de Cultura. São oficinas de desenho,

Notícias

Programa Brasil de Todas as Telas – Ano 2 lança três editais

O Programa Brasil de Todas as Telas – Ano 2 anunciou, na sexta-feira (9),  a abertura de três editais, de acordo com o Calendário de Financiamento da ANCINE. As linhas

Nacional

No dia 21 de abril é celebrado o Dia Mundial da Criatividade

O Dia Mundial da Criatividade (DMC) começou a ser organizado em 2014 pelo psicólogo Lucas Foster, idealizador do Prêmio Brasil Criativo e um dos principais nomes da economia criativa no