Observatório 10 anos: financiamento cultural comparado

Observatório 10 anos: financiamento cultural comparado

Nos últimos 20 anos, ocorreu uma grande expansão dos mercados globais de bens, serviços e atividades simbólico-culturais, que só foi possível por causa do aumento dos investimentos públicos em cultura e do crescimento dos gastos familiares nessa área. Partindo dessa observação, o sociólogo Elder Alves, da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), em texto especial para a série comemorativa dos dez anos do Observatório Itaú Cultural, investiga as relações entre os investimentos culturais públicos e as leis de incentivo (ou modalidades semelhantes), comparando Brasil, Estados Unidos, México e países europeus.

Acesse o artigo na íntegra.

(Foto: Manuella Vavassori)

Fonte: itaucultural

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Nacional

Distribuição e exibição: caminhos para o conteúdo audiovisual brasileiro

A produção audiovisual independente viveu, nos últimos anos, um boom de criação e produção, resultando em centenas de filmes e séries realizadas. Partimos de um universo de 14 filmes brasileiros

Prêmios e Editais

Programa Banco de Brasil de Patrocínios 2016-2017

Estão abertas as inscrições para o Programa Banco do Brasil de Patrocínios 2016-2017, que selecionará propostas a obterem apoio financeiro do Banco do Brasil em todo território nacional. Serão considerados

Notícias

Com entrada gratuita, Orquestra apresenta trilhas de filmes internacionais no Teatro Calil Haddad

Concerto faz parte do Projeto Som da Banda, que há 14 anos atua em Maringá e região promovendo a arte da música instrumental Em uma única apresentação no Teatro Calil