Observatório 10 anos: financiamento cultural comparado

Observatório 10 anos: financiamento cultural comparado

Nos últimos 20 anos, ocorreu uma grande expansão dos mercados globais de bens, serviços e atividades simbólico-culturais, que só foi possível por causa do aumento dos investimentos públicos em cultura e do crescimento dos gastos familiares nessa área. Partindo dessa observação, o sociólogo Elder Alves, da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), em texto especial para a série comemorativa dos dez anos do Observatório Itaú Cultural, investiga as relações entre os investimentos culturais públicos e as leis de incentivo (ou modalidades semelhantes), comparando Brasil, Estados Unidos, México e países europeus.

Acesse o artigo na íntegra.

(Foto: Manuella Vavassori)

Fonte: itaucultural

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Local

Ministério da Cultura e Viapar apresentam: Vitor Gorni Orquestra

Uma homenagem aos 50 anos do movimento que mudou a música brasileira O Cottonet-Clube, projeto maringaense comandado pelo músico e produtor cultural Paulinho Schoffen, se une à londrinense Vitor Gorni Orquestra

Artigo

Cultura e informação em tempos de crise

Se você é um gestor cultural, já sabe: a crise bateu à porta. Ou até, quem sabe, já entrou e ficou à vontade. Trouxe a mala, e você já viu

Local

Chegadas do Papai Noel, roda gigante e atrações culturais na agenda semanal

O “Maringá Encantada – Um Natal de Luz e Emoção” vai agitar diversos cantos da cidade nesta semana. Hoje, 26, às 20 horas, tem chegada do Papai Noel no distrito