Fomento Paraná fará oficina de crédito com prefeitas e prefeitos eleitos

Fomento Paraná fará oficina de crédito com prefeitas e prefeitos eleitos

Um dos destaques do Encontro de Prefeitas e Prefeitos Eleitos do Paraná Gestão 2017-2020, que será realizado em Foz do Iguaçu, de 30 de novembro a 2 de dezembro, será uma oficina de crédito promovida pela Fomento Paraná. A instituição financeira de desenvolvimento é uma das organizadoras do encontro, que é promovido pelo Governo do Estado em parceria com o Sebrae/PR.

O objetivo da oficina “Importância do crédito para o fortalecimento da economia local” é sensibilizar os governantes eleitos e reeleitos da importância de fortalecer a parceria entre a Fomento Paraná e os municípios para estimular o acesso ao crédito para promover o desenvolvimento dos pequenos negócios. Esses empreendimentos são responsáveis pela maior parte da geração de empregos e da renda que movimenta a economia nas pequenas localidades.

“Estamos presentes em mais de 350 pontos de atendimento, com agentes de crédito instalados em prefeituras, federações e associações comerciais, cooperativas de crédito, sindicatos e outras entidades. Podemos apoiar projetos de empreendedores de micro, pequeno e médio porte em todos os segmentos da atividade produtiva com as melhores taxas de juros do mercado”, afirma o presidente da instituição, Juraci Barbosa.

“E o apoio dos prefeitos é fundamental para nos ajudar a ampliar essa rede de agentes e aumentar o volume de crédito na mão dos empreendedores, porque esta é uma ação que impacta diretamente na renda das pessoas e na qualidade de vida”, completa.

Considerando todo o crédito colocado pela Fomento Paraná na mão de empreendedores paranaenses, desde 2011, chega-se à soma de R$ 770 milhões. “Esse crédito é dinheiro novo que entrou na economia e, como dizem os economistas, é um recurso que circula, trocando de mãos três, quatro ou mais vezes, aquecendo a economia”, analisa.

A meta prevista no planejamento estratégico da instituição é contratar até R$ 800 milhões em operações de financiamento privado no período 2015-2018.

MICROCRÉDITO — Uma pesquisa do Departamento de Economia da Universidade Federal do Paraná com dados da Fomento Paraná relativos a financiamentos mostra que há uma melhoria significativa na atividade econômica medida pelo o PIB nos municípios onde os empreendedores têm acesso e contratam operações de microcrédito para investir na melhoria de empresas e atividades econômicas.

Segundo a pesquisa, para cada 1% adicional no valor médio contratado em operações de microcrédito, houve uma variação média no PIB de 0,32% entre os municípios analisados no estudo com dados do período entre 2010 e 2013.

“O impacto positivo médio para o conjunto de municípios avaliados confirma a potencialidade do microcrédito na indução do desenvolvimento econômico, o que serve como um exemplo de sucesso a ser replicado em outros contextos”, conclui a pesquisadora da UFPR Raquel Guimarães.

RECORDES – A Fomento Paraná tem trabalhado em parceria com o Sebrae-PR na qualificação dos agentes de crédito e promoveu uma série de melhorias nos sistemas internos. Com isso, tem batido recordes na contratação de operações de microcrédito. De janeiro a setembro, por exemplo, a instituição contratou R$ 42,5 milhões, com 3.904 contratos. O valor é 24,4% superior ao contratado em microcrédito durante todo o ano de 2015.

O microcrédito representa quase 90% dos contratos da instituição. O beneficiário pode pagar o financiamento em até três anos, podendo ter um período de carência. A meta para 2016 é contratar R$ 45 milhões nesse tipo de operação, que tem como limite R$ 10 mil para empreendedores pessoa física e R$ 20 mil para pessoa jurídica (MEI e microempresas). Desde 2011, a Fomento Paraná já contratou R$ 170 milhões em 18 mil operações de microcrédito, que atendem empreendedores da indústria, do comércio e do setor de serviços, de todas as regiões do estado.

SETOR PÚBLICO — Além da discussão sobre o crédito para o setor privado, a Fomento Paraná vai provocar as prefeitas e prefeitos eleitos para desde agora comecem a pensar em projetos de financiamento para seus municípios para obras de infraestrutura, como pavimentação e mobilidade urbana, projetos para renovação do parque de iluminação pública, saneamento básico e gestão de resíduos, transporte escolar e ainda programas para modernização da administração tributária e da gestão de setores básicos.

A Fomento Paraná é gestora do Sistema de Financiamento aos Municípios (SFM), em parceria com a Secretaria do Desenvolvimento Urbano (SEDU), com apoio técnico operacional do Paranacidade.

O SFM possui atualmente uma carteira de R$ 771, 5 milhões em financiamentos contratados com mais de 300 municípios paranaenses.

Além dos recursos do SFM, a Fomento Paraná atua como agente financeiro do BNDES, para repasse de financiamentos em linhas como o PMAT (Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão de Setores Básicos), assunto que será objeto de uma das palestras do evento.

A instituição também é agente financeiro do FGTS, para repasse de recursos do fundo para obras de acessibilidade mobilidade urbana, como a modernização de sistemas de transporte público, entre outros equipamentos, pelo programa FGTS Pró-Transporte.

“Nossa experiência em mais de 15 anos apoiando os municípios demonstra que cada obra que financiamos, além de melhoria da infraestrutura e da qualidade de vida do cidadão, representa geração de empregos”, explica Juraci Barbosa. “E mais. Gera contratos, aquisição de produtos e serviços que se revertem em arrecadação de tributos para o município que em muitos casos pagam o custo do financiamento”, afirma.

A meta da instituição é contratar R$ 1,2 bilhão em diferentes linhas de financiamentos para atender municípios paranaenses no período 2015-2018.

Parte desses financiamentos deve ser feita por meio do Programa Paraná Urbano III, que prevê investimento de aproximadamente R$ 1 bilhão em recursos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento, para investimento em infraestrutura nos municípios, por meio do SFM.

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Notícias

Fotos do Auto de Natal 2015

É só o final do ano chegar que todos se preparam para as festividades desse tempo. As luzes enfeitam casas e comércios, as músicas de temas natalinos aparecem em toda

Notícias

FLIM contará com lançamentos de mais de 20 livros

“Lonas e memórias: a história esquecida do circo paranaense”, do Instituto Cultural Ingá, será um dos livros lançados na festa literária A 2ª Festa Literária de Maringá (FLIM), que será

Notícias

1º Festival de Maracatu de Maringá começa neste sábado (20)

Programação do evento reúne oficinas, roda de conversa e apresentações culturais; as atividades seguem até junho.   O 1º Festival de Maracatu de Maringá – FEMARA, realizado pelo Maracatu Ingazeiro