5 anos de Maringá Jazz Festival: evento acontece neste final de semana

5 anos de Maringá Jazz Festival: evento acontece neste final de semana

Apresentações gratuitas acontecem no Teatro Marista e dão espaço

para músicos reconhecidos mundialmente e instrumentistas locais

 

Os artistas que se apresentam gratuitamente no Maringá Jazz Festival deste ano, que acontece nos dias 21 e 22 de outubro, contemplam músicos renomados com décadas de carreira, vencedores do Grammy e uma formação inédita nos palcos do Teatro Marista, a partir das 20h. Prezando por uma programação diversificada e qualidade sonora, o evento chega à sua 5ª edição com a proposta de fortificar a música instrumental brasileira e fomentar a cena local, garantindo visibilidade a talentos que residem em Maringá e região.

 

Em 2016, quem representa a Cidade Canção é o Thiago Ueda Quarteto, formado pelos amigos Lucas Nascimento (baixo), Rodrigo Bezágio (guitarra), Eulas Venceslau (bateria) e liderado por Thiago Ueda (piano). Os músicos já tocaram em diversas formações, porém o quarteto é inédito e foi formado especialmente para o Maringá Jazz Festival. Os integrantes carregam consigo a valorização da música autoral e o gosto pela música nacional misturada com elementos do jazz. No repertório, eles encerram os shows no dia 22 com clássicos da música brasileira, standards de jazz e composições próprias.

 

De Cascavel, o pianista e compositor Luciano Veronese traz o seu quinteto para o Maringá Jazz Festival para apresentar o recém-lançado “Ao Lado”, álbum que conta com 10 composições de sua autoria. Com uma trajetória musical que se estende desde os anos 1970, com passagens pela Europa e toda a região sul do País, Veronese atualmente dirige o Estúdio Veronese em Cascavel, onde gravou diversas bandas e artistas regionais, além de produção para rádio, TV, teatro e cinema.

 

O evento em 2016 também conta com “cachorros grandes”, músicos de renome nacional e internacional, como é o caso do Trio Corrente. Unindo-se ao brasileiro Tom Jobim como os únicos vencedores do Grammy Latino e do Grammy Americano na categoria Melhor Álbum Jazz, o grupo, após o premiado “Song for Maura”, de 2014, faz o lançamento no Maringá Jazz Festival de “Volume 3”. A maioria das composições do novo disco são de artistas consagrados como o já citado Jobim e Pixinguinha, passando por Djavan, Dorival Caymmi e Chico Buarque. Além dos clássicos, o Trio Corrente apresenta composições autorais dos três integrantes: Edu Ribeiro faz uma homenagem póstuma à sua mãe, Paulelli desfila seu experimentalismo rítmico, enquanto Fábio Torres assina “Samba do Ribeiro”, um “desafio” para a bateria.

 

Por fim, há quatro décadas se apresentando nos palcos mundo agora, o paulista DUOFEL aterrissa em Maringá pela primeira vez. Formado pelos violonistas autodidatas Fernando Melo e Luiz Bueno, o duo acredita no sucesso de uma proposta musical que não privilegia estilo ou escola violonística específicos. Com isso em mente, criaram “O Violão Livre de Duofel”, que lhes dão liberdade para experimentar toda e qualquer expressão musical, o que originou 13 CDs e 3 DVDs lançados no Brasil e exterior (Europa, EUA e Índia). No repertório, trazem um pouco de tudo: a linguagem pop com The Beatles, a visão ímpar de clássicos da MPB e algumas de suas quase 200 composições próprias, tocando em seis diferentes tipos de violões com sua técnica refinada e criatividade nas experimentações.

 

Convites

Assim como nas edições anteriores, a entrada é gratuita. Os convites podem ser retirados nos dias das apresentações (sexta-feira e sábado), na bilheteria do Teatro Marista. A equipe do evento vai atender o público das 10h às 18h. Neste ano, os assentos são numerados, portanto a direção do Maringá Jazz Festival recomenda que cheguem antes para a retirada dos convites  afim de garantir um bom lugar para apreciar os shows. Cada pessoa vai poder retirar somente 2 convites por dia.

 

Neste ano, a organização pede gentilmente que cada espectador doe um brinquedo novo no ato da retirada dos convites. Quem não conseguir comprar o brinquedo a tempo, pode levar à noite, antes das apresentações. Os itens arrecadados serão destinados para entidades beneficentes.

 

O Maringá Jazz Festival é um projeto com patrocínio master da concessionária de rodovias Viapar e fomento à cultura de Hotsoft, Hotel Deville, Compubrás, Colégio Marista, Nagano Drums, Instituto da Música e Instituto Cultural Ingá. A realização fica por conta da BWA Consultoria. Para mais informações, acesse www.maringajazz.com.br.

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Notícias

26/07 – TEDx “Quebrando barreiras”

Comentários comentários

Notícias

Yamandu Costa e a magia do violão de sete cordas como você nunca viu

Instrumentista gaúcho, um dos maiores violonistas brasileiros, que acaba de vencer o 27º Prêmio da Música Brasileira se apresentará na cidade em agosto A função do sete cordas na música brasileira

Nacional

No Rio, ministro defende liberdade de expressão artística

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, reiterou sua disposição em defender a liberdade de expressão artística durante encontro promovido pela Associação dos Produtores de Teatro na manhã desta terça-feira