Conheça o Programa BNDES para o Desenvolvimento da Economia da Cultura – Procult

Conheça o Programa BNDES para o Desenvolvimento da Economia da Cultura – Procult

O BNDES Procult financia projetos de investimento e planos de negócios de empresas de todas as cadeias produtivas da economia da cultura, tais como audiovisual, editorial, música, jogos eletrônicos e artes visuais e performáticas.

De forma complementar ao financiamento, alguns projetos de empresas do setor audiovisual também podem contar com recursos não reembolsáveis, oriundos de inventivos fiscais previstos na Lei do Audiovisual (Lei nº 8.685, de 20.07.1993). Veja os requisitos para esta forma de apoio.

Objetivos gerais

  • Desenvolver e fortalecer as cadeias produtivas da economia da cultura no País;
  • promover a descentralização da oferta de bens e serviços culturais e ampliar o acesso à sua fruição;
  • fomentar projetos de caráter estruturante que promovam o fortalecimento das cadeias produtivas da cultura;
  • fortalecer a capacidade de produção e distribuição de conteúdo brasileiro, em todas as linguagens e plataformas;
  • aumentar a competitividade do conteúdo brasileiro no País e no exterior;
  • melhorar a estrutura de capital das empresas atuantes na economia da cultura e estimular o desenvolvimento e a adoção de boas práticas de governança corporativa; e
  • preservar a memória e o patrimônio cultural nacional tangível e intangível, promovendo a sua valorização e a dinamização das economias locais.

Quem pode solicitar

Empresas, com sede e administração no Brasil, que mantenham atividades relacionadas à cadeia produtiva da economia da cultura em suas várias modalidades.

Formas de apoio

Direta, indireta não automática (através de instituições financeiras credenciadas)  ou mista.

Saiba mais sobre as formas de apoio do BNDES.

Valor mínimo para operações diretas: R$ 1 milhão.

Acesse as informações completas aqui

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Notícias

História de Maringá vira docudrama

A proposta é que projeto seja reproduzido em salas de cinema de todo Brasil O Instituto Cultural Ingá (ICI) está fomentando o seu primeiro projeto sob a Lei do Audiovisual

Local

Roberto Cordovani é personagem principal em “Amar, verbo intransitivo”

Peça fala sobre a construção do amor e é uma adaptação de um clássico da literatura brasileira do autor Mario de Andrade   Uma lição sobre o amor, em suma,

Notícias

‘Criança em Cena’ abre inscrições

Projeto cultural que disponibiliza oficinas gratuitas de teatro para crianças e jovens de Maringá, Iguatemi e Sarandi abre inscrições dia 1º/4 A partir do próximo dia 1º de abril estarão