Fórum “Cidades Criativas” vai discutir a participação da sociedade nas estratégias de futuro

Fórum “Cidades Criativas” vai discutir a participação da sociedade nas estratégias de futuro

Fórum organizado pela DNP Eventos 360º, com incentivo à Criatividade do Instituto Cultural Ingá, vai trazer para Maringá a especialista em Economia Criativa e conferencista internacional Ana Carla Fonseca Reis

A temporada eleitoral começou, oficialmente, há algumas semanas e é inevitável que as discussões sobre o futuro das cidades tome conta das rodas de conversa. As propostas para os próximos quatro anos começam a circular pelas redes e grupos. Mas, quais, efetivamente, olham o meio urbano de dentro para fora e traçam estratégias para uma cidade mais criativa? É essa análise que a administradora, economista, pesquisadora em Urbanismo, Cultura e perita em Economia Criativa da UNESCO, Ana Carla Fonseca Reis trará para Maringá no I Fórum Perspectivas: Cidades Criativas & Inteligência Coletiva, no dia 20 de setembro.

“O grande desafio é criar condições para a formação desse ambiente, atiçar novos olhares e posturas a transvasar a criatividade que ferve em alguns espaços e clusters, para contagiar a cidade”, explica Ana Carla, que é autora de diversos livros, entre eles “Economia da Cultura e Desenvolvimento Sustentável – o Caleidoscópio da Cultura”, primeira obra brasileira sobre o tema e vencedor do Prêmio Jabuti de 2007. “Para isso, é preciso olhar para a cidade de dentro para fora, reconhecendo suas singularidades e fomentando conexões e inovações”, completa.

De acordo com o gerente de Inteligência de Mercado do Jornal O Diário, Wilson Teixeira, a presença de candidatos a cargos públicos e seus assessores no Fórum é sintomática. “O candidato que não estiver disposto a discutir novas formas econômicas de implementar os seus projetos já deixa claro que não é um bom candidato. (…) Sabemos que existem muitos gestores competentes e com excelentes ideias. Basta observar a plataforma de alguns candidatos cuja Economia Criativa domina a pauta campanha. Ou seja: já é um fenômeno observado por muitos”, enfatiza, adiantando que a parceria com o Instituto Cultural Ingá é fundamental para estabelecer essa prioridade. “O ICI é um parceiro fundamental, não só no fomento de novas ideias para o evento, mas, também, na curadoria do conteúdo. Além disso, o ICI tem acesso a inúmeros projetos de Economia Criativa justamente por ser o maior fomentador destes projetos em nossa cidade”, completa.

 

Como nós vemos a cidade

Um dos principais pontos que Ana Carla pretende trazer para a discussão nessa etapa pré-eleições é como nós vemos o conceito de cidade. “A cidade, por muitos tratada e vivenciada como problema, é um manancial de possibilidades. Um espaço de convergência, de diversidades e de criatividade à flor da pele”. Esse espaço propício, no entanto, só é criado ou descoberto se os responsáveis pela tomada de decisões estiverem atentos à essa possibilidade. “São transformações contínuas que depende, claro, de que quem ocupe [esses espaços] participe e colabore com processos de reinvenção”, finaliza.

O Fórum, que tem a parceria do Jornal O Diário do Norte do Paraná, é uma releitura do “Encontro Criativo”, modalidade de formação criada pelo Instituto Cultural Ingá e que promove a interação entre o aprendizado e a experiência. Para a etapa do dia 20 de setembro, o objetivo é reunir empresários, arquitetos, urbanistas, acadêmicos e profissionais que tenham envolvimento direto no desenvolvimento econômico e social das cidades, além, é claro, de candidatos à cargos públicos como prefeito e vereadores, de modo a inserir o assunto na pauta de projetos e planos de governo a serem implementados durante a próxima gestão.

 

Painéis também compõem o 1º Fórum

Além da palestra com Ana Carla, ainda haverá a apresentação, por meio de pequenos painéis, de projetos de referencial criativo na região de Maringá. A primeira participação confirmada foi a do prof.º Jacó Gimmenes, presidente da Paraná Turismo e fundador da Rede de Turismo Regional (RETUR), ele falará da “Percepção da ‘nova’ Economia do Turismo: aprendizados e desafios do Noroeste do Paraná”.

Logo após, o empresário Jefferson Nogaroli vai trazer uma análise sobre a cidade de Sunchales, na Argentina, conhecida como uma capital do cooperativismo. Nogaroli é um dos mais eminentes empreendedores do sul do país, fundador de empresas como o banco cooperativo Sicoob, e já foi presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap), Sebrae/PR e da ACIM (Associação Comercial e Empresarial de Maringá) por duas gestões.

O terceiro painel confirmado para o Fórum será apresentado pelo empresário da tecnologia da informação Ilson Resende. Com o tema “Armazém Digital: aceleradora de startups e projetos inovadores”, Resende vai apresentar aos convidados presentes o megaprojeto que pretende transformar o ecossistema da criatividade e da tecnologia em nossa região.

A forma de aquisição dos convites será divulgada nos próximos dias.

O I Fórum Perspectivas: Cidades Criativas & Inteligência Coletiva será realizado no dia 20 de setembro, a partir das 19h30, no Auditório Dr. Miguel Kfouri Neto (ACIM), pela DNP Eventos 360º, do grupo O Diário, e tem o incentivo à Criatividade do Instituto Cultural Ingá.

 

Serviço:

I Fórum Perspectivas Cidades Criativas & Inteligência Coletiva

20 de setembro / 19h30

Auditório Dr. Miguel Kfouri Neto (ACIM)

Convites: em breve

 

3034_I Forum Perspectivas - Anúncio 146x130 - Teaser2

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Notícias

MinC publica novas regras para contratação de pareceristas

Os projetos culturais apresentados ao Ministério da Cultura (MinC) para apoio via Lei Rouanet passam por novas regras de aprovação a partir da Instrução Normativa nº 1/2017. No bojo das

Notícias

Diretor executivo do Instituto Cultural Ingá é eleito delegado do Paraná para o CNPC

Turismólogo e especialista em história, Miguel Fernando assume a cadeira do segmento de Patrimônio Material, passando a representar a delegação do Paraná em Brasília Ao final da terceira etapa do

Notícias