Fórum “Cidades Criativas” vai discutir a participação da sociedade nas estratégias de futuro

Fórum “Cidades Criativas” vai discutir a participação da sociedade nas estratégias de futuro

Fórum organizado pela DNP Eventos 360º, com incentivo à Criatividade do Instituto Cultural Ingá, vai trazer para Maringá a especialista em Economia Criativa e conferencista internacional Ana Carla Fonseca Reis

A temporada eleitoral começou, oficialmente, há algumas semanas e é inevitável que as discussões sobre o futuro das cidades tome conta das rodas de conversa. As propostas para os próximos quatro anos começam a circular pelas redes e grupos. Mas, quais, efetivamente, olham o meio urbano de dentro para fora e traçam estratégias para uma cidade mais criativa? É essa análise que a administradora, economista, pesquisadora em Urbanismo, Cultura e perita em Economia Criativa da UNESCO, Ana Carla Fonseca Reis trará para Maringá no I Fórum Perspectivas: Cidades Criativas & Inteligência Coletiva, no dia 20 de setembro.

“O grande desafio é criar condições para a formação desse ambiente, atiçar novos olhares e posturas a transvasar a criatividade que ferve em alguns espaços e clusters, para contagiar a cidade”, explica Ana Carla, que é autora de diversos livros, entre eles “Economia da Cultura e Desenvolvimento Sustentável – o Caleidoscópio da Cultura”, primeira obra brasileira sobre o tema e vencedor do Prêmio Jabuti de 2007. “Para isso, é preciso olhar para a cidade de dentro para fora, reconhecendo suas singularidades e fomentando conexões e inovações”, completa.

De acordo com o gerente de Inteligência de Mercado do Jornal O Diário, Wilson Teixeira, a presença de candidatos a cargos públicos e seus assessores no Fórum é sintomática. “O candidato que não estiver disposto a discutir novas formas econômicas de implementar os seus projetos já deixa claro que não é um bom candidato. (…) Sabemos que existem muitos gestores competentes e com excelentes ideias. Basta observar a plataforma de alguns candidatos cuja Economia Criativa domina a pauta campanha. Ou seja: já é um fenômeno observado por muitos”, enfatiza, adiantando que a parceria com o Instituto Cultural Ingá é fundamental para estabelecer essa prioridade. “O ICI é um parceiro fundamental, não só no fomento de novas ideias para o evento, mas, também, na curadoria do conteúdo. Além disso, o ICI tem acesso a inúmeros projetos de Economia Criativa justamente por ser o maior fomentador destes projetos em nossa cidade”, completa.

 

Como nós vemos a cidade

Um dos principais pontos que Ana Carla pretende trazer para a discussão nessa etapa pré-eleições é como nós vemos o conceito de cidade. “A cidade, por muitos tratada e vivenciada como problema, é um manancial de possibilidades. Um espaço de convergência, de diversidades e de criatividade à flor da pele”. Esse espaço propício, no entanto, só é criado ou descoberto se os responsáveis pela tomada de decisões estiverem atentos à essa possibilidade. “São transformações contínuas que depende, claro, de que quem ocupe [esses espaços] participe e colabore com processos de reinvenção”, finaliza.

O Fórum, que tem a parceria do Jornal O Diário do Norte do Paraná, é uma releitura do “Encontro Criativo”, modalidade de formação criada pelo Instituto Cultural Ingá e que promove a interação entre o aprendizado e a experiência. Para a etapa do dia 20 de setembro, o objetivo é reunir empresários, arquitetos, urbanistas, acadêmicos e profissionais que tenham envolvimento direto no desenvolvimento econômico e social das cidades, além, é claro, de candidatos à cargos públicos como prefeito e vereadores, de modo a inserir o assunto na pauta de projetos e planos de governo a serem implementados durante a próxima gestão.

 

Painéis também compõem o 1º Fórum

Além da palestra com Ana Carla, ainda haverá a apresentação, por meio de pequenos painéis, de projetos de referencial criativo na região de Maringá. A primeira participação confirmada foi a do prof.º Jacó Gimmenes, presidente da Paraná Turismo e fundador da Rede de Turismo Regional (RETUR), ele falará da “Percepção da ‘nova’ Economia do Turismo: aprendizados e desafios do Noroeste do Paraná”.

Logo após, o empresário Jefferson Nogaroli vai trazer uma análise sobre a cidade de Sunchales, na Argentina, conhecida como uma capital do cooperativismo. Nogaroli é um dos mais eminentes empreendedores do sul do país, fundador de empresas como o banco cooperativo Sicoob, e já foi presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap), Sebrae/PR e da ACIM (Associação Comercial e Empresarial de Maringá) por duas gestões.

O terceiro painel confirmado para o Fórum será apresentado pelo empresário da tecnologia da informação Ilson Resende. Com o tema “Armazém Digital: aceleradora de startups e projetos inovadores”, Resende vai apresentar aos convidados presentes o megaprojeto que pretende transformar o ecossistema da criatividade e da tecnologia em nossa região.

A forma de aquisição dos convites será divulgada nos próximos dias.

O I Fórum Perspectivas: Cidades Criativas & Inteligência Coletiva será realizado no dia 20 de setembro, a partir das 19h30, no Auditório Dr. Miguel Kfouri Neto (ACIM), pela DNP Eventos 360º, do grupo O Diário, e tem o incentivo à Criatividade do Instituto Cultural Ingá.

 

Serviço:

I Fórum Perspectivas Cidades Criativas & Inteligência Coletiva

20 de setembro / 19h30

Auditório Dr. Miguel Kfouri Neto (ACIM)

Convites: em breve

 

3034_I Forum Perspectivas - Anúncio 146x130 - Teaser2

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Local

Mostra Criativa será exposta junto da palestra “Oportunidades da Economia Criativa”

Ação promovida pelo Núcleo de Economia Criativa – do Programa Empreender – será realizada juntamente com a palestra promovida pelo ICI e SEBRAE Inovar vem sendo a palavra de ordem

Notícias

Empresas do setor de turismo de Maringá e região são reconhecidas pela qualidade

O Programa Selo de Qualidade no Turismo do Paraná contribui para a melhoria da qualidade de produtos e serviços do setor; seis empreendimentos da cidade receberam menção honrosa O Programa

Nacional

Aberto cadastramento para empresas que desejam incentivar projetos do Profice

Está aberto o cadastramento para as empresas que têm interesse em incentivar projetos culturais do Programa de Fomento e Incentivo à Cultura do Paraná (PROFICE) por meio de renúncia fiscal