Conselho Estadual da Cultura realiza reunião de trabalho

Conselho Estadual da Cultura realiza reunião de trabalho

Os membros do Conselho Estadual da Cultura (CONSEC) estiveram nesta sexta-feira (19/08) em Curitiba para uma reunião de trabalho. Entre os assuntos abordados estavam os Planos Setoriais, o Serviço Social Autônomo do Centro Cultural Teatro Guaíra e a fase de incentivo do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (PROFICE). O diretor executivo do Instituto Cultural Ingá, Miguel Fernando, e o escritor e revisor  José Flauzino Alves foram os representantes maringaenses que marcaram presença.

Na parte da manhã, os conselheiros receberam orientações acerca do preenchimento do formulário dos Planos Setoriais, que define metas e ações para as áreas culturais de forma direcionada. Depois se reuniram em grupos de trabalho das Macrorregionais e Setoriais.

O secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani, apresentou aos conselheiros as ações da Secretaria da Cultura para o 2º semestre de 2016 e destacou a assinatura do decreto que institui o Registro de Bens Culturais de Natureza Imaterial que constituem o Patrimônio Cultural Paranaense, em solenidade no último dia 16, no Palácio Iguaçu. O secretário também enfatizou a participação efetiva da Secretaria da Cultura em ações culturais por todo o Estado, como a realização do III Encontro de Fandango e Cultura Caiçara, que acontece em novembro em Guaraqueçaba.

Em seguida, o conselheiro José Wanderlei Lopes apresentou algumas pautas para discussão, como a situação dos cargos comissionados da Orquestra Sinfônica do Paraná e Balé Teatro Guaíra e uma análise das propagandas oficias para priorizar os artistas paranaenses.

O Programa de Fomento e Incentivo à Cultura do Paraná (PROFICE) entrou em pauta por meio do conselheiro Miguel Fernando Perez da Silva, que explicou sobre a atual fase do programa, de captação de recursos por meio dos incentivadores, falou do Profice em relação ao programa Paraná Competitivo e comentou sobre apresentação que será realizada no dia 22 na Associação Comercial do Paraná (ACP).

Por fim, o conselheiro José Flauzino Alves falou sobre a indicação de obras literárias paranaenses para os vestibulares das Universidades Públicas do Paraná.

Fonte: SEEC

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Formação

Núcleo da ACIM convida para encontro sobre Economia Criativa no Hands Bar

O Núcleo Setorial de Economia Criativa da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM) realizará neste sábado (11) a 1ª Inspirativa, evento que tem como objetivo desvendar o conceito de

Local

Projeto cultural “Stone Face” aborda urbanidades maringaenses por meio do teatro

A proposta é repensar o espaço urbano a partir de intervenções artísticas inspiradas em Buster Keaton e Federico García Lorca; o projeto é executado com recursos do Prêmio Aniceto Matti  

Notícias

Economia Criativa está entre os temas que serão apresentados durante o TICNOVA 2018

Em apenas seis dias o TICNOVA vai discutir como a inovação melhora a vida das pessoas e potencializa a criação de novos negócios. Em sua 6ª edição o TICNOVA reunirá