Artes plásticas vai discutir demandas urgentes no Café com Cultura
5 de julho de 2016 656 Visualizações

Artes plásticas vai discutir demandas urgentes no Café com Cultura

Terceiro encontro vai reunir artistas e produtores de um dos segmentos que mais precisa de atenção para os próximos anos

Dentre todas as belas artes, talvez as plásticas sejam as mais tradicionais. A própria história da arte é contada comparando essas obras e seus devidos tempos. Não por isso, hoje, ela é a mais estruturada. Problemas iniciais, como falta de local adequado para receber grandes exposições, deixam a nossa Maringá à margem do circuito de artistas que encantam e atraem turistas em cidades como Curitiba e São Paulo.

Essa e outras mudanças serão apontadas no próximo encontro do Café com Cultura, que será realizado no dia 7 de julho, quinta-feira, no Auditório Ângelo Planas na ACIM. O evento começa às 7h45 com um café da manhã, e depois os artistas e produtores convidados vão participar de conversa com a presença da diretoria do Instituto Cultural Ingá.

Para a artista plástica e produtora Cristina Agostinho, é preciso ir além da falta de um local, mas também discutir quais as características adequadas para que as exposições aconteçam nesses ambientes. “Falta um espaço rigorosamente adequado. Um espaço que tenha um pé-direito alto, onde o piso não seja reflexivo e que tenha uma iluminação eficiente”. De acordo com Cristina, os locais ainda precisariam oferecer maior integração entre o espaço expositivo e as atividades culturais de outras áreas. “Aos sábados e domingos o espaço expositivo do Calil fica “morto”. Quem passa na frente vai ter a percepção de que está fechado… É por essas e outras que exposições de fora, ficam sem condições de serem abrigadas por aqui.”, finaliza.

Os encontros do Café com Cultura são mensais e cada reunião é tematizada com um segmento diferente. Segundo o diretor executivo do ICI, Miguel Fernando, a frequência desses encontros estão rendendo um acumulado de informações que serão fundamentais para definir os próximos pontos de atuação do Instituto. “Queremos compreender melhor as principais dificuldades enfrentadas pelos produtores culturais, para poder propor projetos estratégicos que reduzam, ou até mesmo, neutralizem problemas.”, concluí.

As inscrições são limitadas por conta da disponibilidade de espaço e para participar é preciso entrar em contato por e-mail, enviando nome, entidade/empresa que representa e telefone para: diretoria@institutoculturalinga.com.br.

 

Café com Cultura_E-mkt-4 (1)

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Nacional

“Yamandú Costa é um Caravaggio do sete-cordas”

ARTHUR NESTROVSKI ARTICULISTA DA FOLHA Lá pela quarta música, a gente começa a achar tudo aquilo normal. Mas não é: só Yamandú toca esse instrumento, que ainda não tem nome.

Notícias

Pelos teatros independentes

Mônica Herculano para o Cultura e Mercado. Um mapeamento realizado recentemente em São Paulo identificou que há diferenças estruturais relevantes entre os teatros independentes e os demais (públicos, patrocinados e SESC).

Local

Pela primeira vez em Maringá: Eduardo Saron, diretor superintendente do Itaú Cultural

Palestra exclusiva é promovida pelo Instituto Cultural Ingá e inscrições podem ser realizadas gratuitamente no site da entidade Cumprindo o objetivo de incentivar empresários, produtores culturais e artistas de Maringá