Que tal despertar seu lado criativo?
10 de março de 2016 1950 Visualizações

Que tal despertar seu lado criativo?

Workshop que será realizado nos dias 19 e 20 de março vai ensinar a encontrar e potencializar a criatividade individual. Faça sua inscrição aqui.

Foi usando a criatividade que homens e mulheres da história inventaram soluções para problemas reais, transformando o mundo e a forma com que nos relacionamos com ele. Em maior ou menor escala, todos nós somos criativos para resolver problemas pequenos do cotidiano, a diferença é o quanto exercitamos essa qualidade tão nossa. E essa é a proposta do Workshop “Criatividade e Mão na Massa”, que será realizado nos dias 19 e 20 de março no auditório Angelo Planas, na ACIM.

Segundo a diretora criativa do Farol das Ideias, Arieta Arruda, criatividade não é só para artistas. “É para qualquer pessoa que queira viver em um lugar melhor. Biologicamente é desenvolvermos o lado direito do cérebro, responsável por nossas emoções, conciliando com o lado esquerdo da racionalidade”, completa. O workshop será organizado pela Farol das ideias, uma empresa de serviços voltados à Gestão da Criatividade e Inovação, em parceria com o Instituto Cultural Ingá.

Faça sua inscrição aqui.

A abertura do workshop será às 8h15 com uma conversa sobre “Mitos Criativos”. No período da tarde três assuntos serão abordados: “O que é criatividade?”, “Pitch Elevator”e “Bloqueios Criativos”. A ideia é que os participantes percebam logo no primeiro dia que a criatividade é uma habilidade comum a todos, basta eliminar algumas barreiras. Para o diretor executivo do Instituto Cultural Ingá, Miguel Fernando, investir em criatividade é uma aposta sempre certa. “A tendência é identificar os problemas contidiamos como barreiras. Em verdade, o que devemos propor é um novo a estes desafios. Os problemas podem, e devem, ser a base central para a discussão de soluções. Em outras palavras, pensamos no problema e propomos um projeto cultural, criativo, que pode ser a sua solução”, finaliza.

A programação do segundo dia é mais prática, apresentando conceitos como o Design Thinking, Zeitgeist e a co-criação de projetos. Ao final do workshop os participantes deverão apresentar um projeto.

Sair da zona de conforto
“O nosso objetivo é levar transformação. Sair da zona de conforto, do piloto automático. Recalcular a rota da carreira”, explica Arieta Arruda. Segundo ela, a ideia de um workshop é incentivar a prática para exercitar o processo criativo. “Queremos que as pessoas coloquem a mão na massa, pratiquem, percebam como as ferramentas que vamos apresentar podem facilitar a vida delas.

“Precisamos treinar e deixar o nosso cérebro revelar seu potencial criativo que está adormecido. Isso é fundamental para a era pós-digital em que a economia está sofrendo transformações, em que as nossas relações com o trabalho estão mudando e nossas relações interpessoais também sofrem exponenciais transformações. Essas mudanças não são ruins, pelo contrário, nos dão a gigantesca oportunidade de desenvolvermos nosso potencial humano mais bonito (e único em relação a outras espécies) que é a capacidade de imaginação, criação e prática para a resolução de problemas, envolvendo qualquer área.”
Arieta Arruda, diretora criativda do Farol das Ideias

 

Serviço:
Workshop Criatividade e Mão na Massa
19 e 20 de março – das 8h as 17h
Auditório Ângelo Planas (ACIM) / Rua Basílio Sautchuk, 388 – Centro / Maringá-PR
Informações: (44) 3025-9625 / diretoria@institutoculturalinga.com.br
Valor R$ 85
Link para inscrição: https://docs.google.com/forms/d/1UnkhDnc-ZG9W50fpQVmoFPuJfCvyfla57XfDGqQFFy0/viewform

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Notícias

Inscrições abertas para Projeto Social em Educação Musical no Sesc Maringá

O Sesc Maringá, através do CDM – Centro de Difusão Musical oferece aulas gratuitas para os seguintes instrumentos musicais: violino, viola de arco, violoncelo, violão, viola caipira, flauta transversal, saxofone, trompete, trombone e

Local

Mapeamento Cultural de Maringá

Você é artista ou produtor cultural? Conhece alguém? O SEMUC lançou uma iniciativa muito bacana nesta semana: o Mapeamento Cultural de Maringá. Os interessados deverão responder perguntas simples, como: Quais categorias

Nacional

Eleição dos representantes do Conselho Estadual de Cultura – CONSEC

04A Secretaria de Estado da Cultura – SEEC informa que os encaminhamentos para eleição dos representantes da Sociedade Civil na composição do Conselho Estadual de Cultura – CONSEC se encontram