Comissão do Senado quer ensino obrigatório de artes visuais, teatro, música e dança

Comissão do Senado quer ensino obrigatório de artes visuais, teatro, música e dança

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) aprovou nesta terça-feira (23) proposta que altera a Lei de Diretrizes e Bases (LDB) no ponto referente ao ensino de artes. Pelo texto, a música, o teatro, as artes visuais e a dança serão as linguagens que constituirão o componente curricular do ensino de artes.

A matéria é proveniente de um substitutivo da Câmara dos Deputados (SCD 14/2015) a projeto de lei apresentado pelo então senador Roberto Saturnino (RJ), em 2006. Pela legislação atual, apenas a música é citada como conteúdo obrigatório, mas não exclusivo, nesse componente curricular.

O prazo para que os sistemas de ensino implantem as mudanças, incluída a formação dos professores em número suficiente para atuar na educação básica, é de cinco anos. O relator foi o senador Cristovam Buarque (PPS-DF).

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Nacional

Exposição leva vida e obra de Paulo Leminski ao Museu Hélenton Borba Côrtes, no Teatro Calil Haddad

De 09 de junho a 24 de setembro, mais de mil itens do escritor curitibano serão expostos em Maringá A exposição “Múltiplo Leminski” – que também marca a celebração dos

Notícias
Notícias

Economia colaborativa traz negócios em busca de um mundo melhor

Já imaginou viver em um mundo em que a moeda vigente é a da cooperação? Então comece a visualizar esta realidade e a pensar em meios de se inserir nela;  pois pequenas