A lição da pequena notável

A lição da pequena notável

Cultura e Mercado

A pequena Tatuí, a pouco menos de 130 quilômetros de São Paulo, não é exatamente destaque em termos socioeconômicos. Dos 75 municípios paulistas com mais de 100 mil habitantes, é o 65º pior no ranking do IDH. Tem o menor Índice de Desenvolvimento Humano entre as 21 cidades que participaram da pesquisa Hábitos Culturais dos Paulistas, realizada pela consultoria JLeiva Cultura & Esporte e pelo Datafolha. No entanto, é a que exibe, nesse levantamento, as maiores frequências a atividades culturais.

A explicação para esse desempenho notável parece estar num coração musical muito bem aproveitado por outras instituições, e fortalecido por uma longa história de disseminação da prática de música entre várias camadas sociais.

O órgão pulsante, encravado no centro de Tatuí, é o Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos”, instituição estadual fundada em 1954 e autodenominada a maior do gênero na América Latina. De suas salas saem instrumentistas para algumas das mais importantes orquestras do país e do mundo. Não à toa, na pesquisa do Datafolha é o município com maior frequência a concertos: 21% dos moradores disseram ter ido a um evento desse tipo nos 12 meses anteriores à sondagem – a média das 21 cidades é 12%.

Confirma os números de Tatuí clicando aqui.

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Notícias

Pesquisa mapeará cenário da educação musical no Brasil

Quais são as iniciativas que fomentam a educação musical no Brasil hoje? Responder a esta pergunta é o primeiro objetivo de um extenso mapeamento nacional que busca entender o cenário

Notícias

13/08 – Maringá Rock Festival

Comentários comentários

Notícias

Com elementos artísticos, Maringá Encantada é o mais novo produto turístico do Paraná

Diariamente, mais de 2.500 pessoas visitam a Casa do Papai Noel e, de acordo com pesquisa, empresas avaliam positivamente o projeto Quem passeia por Maringá percebe que, desde o início