Comitê Ministerial de Economia da Cultura debate fomento

Comitê Ministerial de Economia da Cultura debate fomento

Desde sua criação, em julho deste ano, o Comitê Ministerial de Economia da Cultura (CMEC) tem discutido as principais questões que podem impulsionar as ações do Ministério da Cultura (MinC) nesta área. As políticas de fomento e financiamento à cultura serão o foco da próxima reunião do Comitê, que será realizada na próxima terça-feira (27), a partir das 9h30, no 12º do edifício Parque Cidade Corporate, em Brasília.
 .
O encontro terá a presença dos secretários de Políticas Culturais, Guilherme Varella, e de Fomento e Incentivo à Cultura do MinC, Carlos Paiva. Também participam do debate a chefe do Departamento de Economia da Cultura do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciane Gorgulho, a coordenadora do Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO) do Ministério do Trabalho e Emprego, Lucilene Santana, e o assessor para microcrédito da Secretaria de Políticas Econômicas do Ministério da Fazenda, Lucas Matias.
 .
Na abertura do evento, haverá debate no qual serão abordadas questões como o papel das políticas econômicas no fomento ao empreendedorismo cultural, os principais desafios e oportunidades dessa agenda, as iniciativas de fomento do MinC e estratégias para diversificar o sistema de financiamento nos próximos anos. Nesse campo, ganha destaque o tema do crédito e o papel do Ministério da Cultura para promoção do acesso pelos empreendimentos e agentes culturais. No Brasil, mais de R$ 50 bilhões já foram operados e mais de 25 milhões de pessoas, beneficiadas com ações de microcrédito.
 .
“Queremos discutir qual o papel das políticas culturais de fomento para fortalecer a economia da cultura brasileira, debatendo tanto o investimento público do MinC como os demais mecanismos de articulação que podem ser promovidos em torno de políticas constituídas, como a do microcrédito”, ressalta o secretário Guilherme Varella.
 .
Segundo Varella, a presença na ocasião do BNDES, com larga experiência no assunto, vai contribuir para tornar mais profundo o debate sobre como o governo pode intensificar ações que potencializem a economia da cultura no Brasil.

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Notícias

Curta-metragem sobre Arraiá do Zico Borghi está em fase de edição

Primeira manifestação cultural registrada como Patrimônio Imaterial de Maringá, a festa junina do seo Zico Borghi está sendo documentada em um curta-metragem viabilizado com recursos do concurso 001/2017 do prêmio

Notícias

Confira a lista de selecionados para a Oficina Lei Rouanet

As inscrições foram analisadas por um júri técnico do ICI. Em ação inédita, todos os inscritos foram selecionados.   Nome completo Cidade onde reside Janaína Belai da Silva Maringá Alan

Local

Projeto de leitura percorre três cidades da região

Tem início neste fim de semana em Sarandi o projeto Piquenique da Leitura, com oficinas de formação e contações de histórias. Idealizado pelos contadores de história Danilo Furlan e Cleo