Proposta para incluir a gastronomia na Lei Rouanet é aprovada

Proposta para incluir a gastronomia na Lei Rouanet é aprovada

A Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados aprovou no último dia 15 de julho o PL 6562/13, de autoria do deputado Gabriel Guimarães (PT/MG), que propõe incluir a gastronomia brasileira como segmento beneficiário da Lei Rouanet. O projeto está agora na Comissão de Finanças e Tributação e deve passar ainda pela de Constituição e Justiça e Cidadania, em caráter conclusivo.

“A gastronomia brasileira evoluiu muito nos últimos anos e este foi um processo que envolveu a maior profissionalização do setor, a criação de escolas especializadas e a ampliação do acesso da população aos mais variados sabores do nosso país”, afirmou o deputado em reportagem publicada por Cultura e Mercado em janeiro. Por isso, ele acredita que hoje a sociedade passou a valorizar a “degustação da culinária” como forma de manifestação sociocultural.

Enquanto os deputados decidem sobre o futuro da proposta, profissionais da área seguem em campanhas como Eu Como Cultura, encabeçada pelo Instituto Atá, do chef Alex Atala. Ele é um dos personagens do documentário “Comer o quê?”, dirigido por Leonardo Brant, e afirma: sabores refletem cultura.

“Eu não entendo a cozinha como arte, mas como expressão artística. Você não precisa ser um gourmet ou um profundo conhecedor para entender. A cozinha confere ao autor a possibilidade de se expressar através da arte. Essa expressão artistica é incontestável”, defende Atala no filme, que também traz depoimentos da chef Helena Rizzo; da nutricionista e apresentadora de TV Bela Gil; do professor de Educação Física e consultor Marcio Atalla; do ator e produtor de alimentos orgânicos Marcos Palmeira; do secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, André Nassar; do jornalista especializado em gastronomia Josimar Melo; e da chef e nutricionista Neka Menna Barreto; entre outros.

Leia o artigo completo aqui.

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Notícias

Quem quer livros de arte?

Mônica Herculano para Cultura e Mercado Nesta semana o Imprint Brasil, projeto setorial de apoio à exportação promovido pela Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf) e a Apex-Brasil (Agência Brasileira

Nacional

Prêmio São Paulo de Literatura anuncia finalistas

Com R$ 400 mil, disputa literária entrega a maior premiação do Brasil. Pela primeira vez, um estrangeiro, Mia Couto, foi selecionado. A organização do Prêmio São Paulo de Literatura 2016 anunciou,

Local

Ancine aprova projeto da Semuc para o audiovisual

A Agência Nacional do Cinema (Ancine) aprovou projeto da Secretaria de Cultura (Semuc) para fomento da produção audiovisual local. A parceria resulta em um investimento de R$ 1 milhão –