Storytelling para projetos culturais

Abundância de informação gera escassez de atenção. Herbert Simon, economista e ganhador de um Nobel, apresentou esse conceito em 1971. Mais de 40 anos depois, isso tornou-se ainda mais válido. Com a ascensão da internet nos últimos 15 anos, produzir conteúdo nunca foi tão fácil. Para o bem e para o mal, já que à medida em que somos inundados por novas informações, o resultado é que temos cada vez menos tempo para consumi-las.

É nesse contexto que o storytelling desperta cada vez mais o interesse de profissionais que tenham desafios de comunicação pela frente, sejam executivos, publicitários, produtores culturais ou qualquer um que precise vender algo a algum público.

Uma história bem contada não só tem o poder de capturar a atenção do público, como é capaz de transmitir conhecimento, gerar significado e engajar o público em uma determina direção.

 

Leia o texto completo clicando aqui.

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Notícias

Registro vai aprimorar gestão de museus brasileiros

No último dia 10 foi apresentado o Registro de Museus, que conta com a parceria da Secretaria de Políticas Culturais (SPC), do Ministério da Cultura (MinC), e do Instituto Brasileiro de

Notícias

MinC firma parceria com Sebrae de formação em economia criativa

A criação de um núcleo de economia criativa voltado para a formação e capacitação de gestores, executivos e empreendedores do setor foi definida pelo ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão,

Nacional

Termos referentes à Cultura serão consolidados em glossário

A sua cidade tem um museu ou um ponto de memória? E uma praça CEU? Aliás, que praça é essa? O Ministério da Cultura (MinC) esclarece: trata-se do Centro de

0 comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comentar!