Storytelling para projetos culturais

Abundância de informação gera escassez de atenção. Herbert Simon, economista e ganhador de um Nobel, apresentou esse conceito em 1971. Mais de 40 anos depois, isso tornou-se ainda mais válido. Com a ascensão da internet nos últimos 15 anos, produzir conteúdo nunca foi tão fácil. Para o bem e para o mal, já que à medida em que somos inundados por novas informações, o resultado é que temos cada vez menos tempo para consumi-las.

É nesse contexto que o storytelling desperta cada vez mais o interesse de profissionais que tenham desafios de comunicação pela frente, sejam executivos, publicitários, produtores culturais ou qualquer um que precise vender algo a algum público.

Uma história bem contada não só tem o poder de capturar a atenção do público, como é capaz de transmitir conhecimento, gerar significado e engajar o público em uma determina direção.

 

Leia o texto completo clicando aqui.

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Nacional

Netflix vai aumentar investimentos na produção de conteúdo brasileiro

Após uma semana nos Estados Unidos divulgando o potencial da indústria criativa brasileira, o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, retorna ao Brasil nesta segunda-feira (6) com boas notícias para

Local

Festival Gastronômico marca Semana do Turismo em Maringá

Lançado no início desta semana na ACIM com o tema “Sabores da Nossa Terra”, o Festival Gastronômico é uma realização da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico (Seide), por meio

Notícias

Museu Paranaense abre exposição sobre educação patrimonial

No dia 22 de novembro (terça-feira), às 16h, o Museu Paranaense recebe a exposição “Desvendando contextos: educação patrimonial na pequena infância”. A mostra apresenta desenhos, fotos, objetos e materiais diversos

0 comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comentar!