Cultura, substantivo… masculino?

Ao longo da segunda metade do século XX, as mulheres obtiveram várias conquistas: entraram em massa no mercado de trabalho, tiveram maior acesso a escolas e universidades e cada vez mais autonomia. Os avanços da porta de casa para fora, porém, não foram acompanhados no mesmo ritmo pelos avanços da porta para dentro. As tarefas ligadas à vida familiar e doméstica ainda ficam quase sempre sob responsabilidade feminina, gerando uma dupla jornada que trava a redução da desigualdade entre os gêneros e, sabe-se agora, barra uma participação maior desse grupo nas atividades culturais.

Em 2014, o Instituto Datafolha mapeou os hábitos culturais dos moradores de 21 municípios paulistas, a pedido da consultoria JLeiva Cultura & Esporte. A pesquisa Cultura em SP revelou uma situação paradoxal: analisou 18 atividades e detectou que em 17 delas as mulheres têm mais interesse do que os homens, mas em apenas três a frequência feminina supera a masculina.

Leia o artigo completo clicando aqui.

Comentários

comentários

Sobre o autor

Você também poderá gostar

Nacional

Sérgio Sá Leitão é o novo ministro da Cultura

Atual diretor da Agência Nacional do Cinema (Ancine), Sérgio Sá Leitão é o novo titular do Ministério da Cultura (MinC), conforme anunciou nesta quinta-feira (20) o presidente da República, Michel

Notícias

Fim do MinC: retrocesso histórico

Ao que parece eliminar o Ministério da Cultura já se confirma como um dos primeiro atos do governo Temer… sem debate ou consulta, uma canetada promove hoje um retrocesso de

Notícias

Ancine divulga calendário de financiamento 2016/2017

A Ancine disponibilizou o Calendário de Financiamento para o biênio 2016/2017, que traz as datas previstas para a abertura e divulgação de resultados das chamadas públicas do Programa Brasil de Todas as

0 comentários

Nenhum comentário ainda!

Você pode ser o primeiro a comentar!